O presidente Donald Trump tuitou condenando “todo tipo de racismo”. O post feito neste sábado (11) acontece um ano depois dos confrontos deflagrados em uma manifestação de supremacistas brancos em Charlottesville, na Virgínia, e na véspera de um novo protesto, dessa vez em Washington, D.C..

“Os distúrbios em Charlottesville de um ano causaram mortes insensatas e divisão. Devemos estar unidos como nação. Condeno todo tipo de racismo e atos de violência. Paz para todos os americanos”, disse a mensagem de Trump.

Na manifestação de 2017, houve protesto contra a retirada da estátua de um general confederado pró-escravidão na época da Guerra Civil dos EUA. Os manifestantes se anunciavam como radicais, fascistas, supremacistas, nacionalistas, contra negros, imigrantes, gays e judeus. O confronto se deu quando ou grupo contrário também foi protestar e uma mulher foi morta por um dos supremacistas brancos, que jogou seu carro contra o grupo antirracistas. O atropelador, de 20 anos, foi preso e acusado de homicídio.

Neste ano, os mesmos manifestantes que organizaram a ida às ruas contra todos que não fossem brancos, se organizam para protestar pela defesa do que chamam de “direitos civis brancos” neste domingo em frente à Casa Branca, em Washington. Também são esperadas manifestações contrárias. Policiais serão mobilizados para evitar que os dois grupos entrem em confronto.

 

Da Redação com G1

Foto: US State Departament

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome