O Governo Federal confirmou nesta terça-feira (31) que vai manter o desconto de R$ 0,46 no preço do litro de óleo diesel. O anúncio foi dado pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Essa era uma das pautas da Greve dos Caminhoneiros que aconteceu em maio deste ano em vários estados.

O desconto valeria pelos meses de junho e julho e fora dado através de um decreto presidencial. No texto, o governo arca com R$ 0,30 dos R$ 0,46, os outros R$ 0,16 é resultado da eliminação da incidência dos tributos Cide e da redução de PIS-Cofins sobre o diesel. Um novo decreto deve ser publicado nesta quarta (1º), para manter o desconto, apesar disso, deve haver uma variação. “O desconto de R$ 0,46 será mantido levando em conta o novo preço resultante da variação ocorrida no preço internacional no período”, confirmou Padilha.

O ministro ainda confirmou que o novo decreto funcionará até o dia 31 de dezembro e custará R$ 9,5 bilhões para os cofres da União, que serão repassados para a Petrobrás.

 

Da Redação

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome