Mesmo tendo sido condenada a 39 anos de prisão por assassinar os pais (Manfred e Marísia von Richthofen), Suzane von Richthofen deixou a prisão na manhã desta quinta-feira (9) para a saída temporária de Dia dos Pais. Ela está presa na Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em São Paulo.

Presa desde 2006, Suzane conseguiu a progressão para o regime semiaberto em outubro de 2015, quando as “saidinhas” começam a ser liberadas. Desde então as saídas para Dia dos Pais e Dia das Mães sempre geram polêmicas nas redes sociais. Nesta quinta, Suzane deixou a penitenciária por volta das oito horas e foi recebida pelo namorado. Ela retornará na segunda-feira (13).

Segundo um levantamento do G1, no Vale do Paraíba cerca de 3 mil detentos têm direito às saidinhas. O detento tem direito a cinco saídas temporárias ao longo do ano, sendo, além desta de Dia dos Pais, no Dia das Crianças, Natal e Ano Novo, Dia das Mães e Páscoa.

 

Da Redação

Foto: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome