Foto: Marcelo Segura / Reuters

Bolsonaro declarou na manhã deste sábado, 23 de março, que alguns não querem largar a velha política e que a responsabilidade da aprovação da Reforma da Previdência está agora com o Congresso nacional.

O presidente estava se referindo ao toma lá dá cá que fazia parte das negociações com parlamentares antes das votações importantes.

É bom lembrar que no período da campanha eleitoral, Bolsonaro pregou que não faria o mesmo durante o governo. A maior parte do povo brasileiro votou esperando essa atitude na prática. Então há coerência na postura do presidente.

Já o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), disse que quem deve tocar a negociação com os deputados é o presidente da República.

 

OPINIÃO

Rodrigo Maia está com uma grande oportunidade de fazer história em suas mãos e precisa pensar rápido e grande. Ele tem tudo para ser o protagonista desse momento, não pode abdicar do seu papel. Não pode cair nas armadilhas do passado para não se assustar no futuro.

O certo é que muitos políticos têm um discurso moderno de transparência, ética e prática republicana, no entanto, nos bastidores, ficam fazendo pressão por cargos e outras benesses em troca de votos.

E essa prática é abominável. O povo brasileiro não suporta mais. É hora desses políticos adotarem um novo mindset político.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome