O governo federal enviou uma comitiva brasileira, chefiada pelo ex-presidente Michel Temer, para a cidade de Beirute, no Líbano. Além da aeronave da comitiva, outra aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), embarcou nesta quarta-feira (12), com seis toneladas de alimentos e equipamentos de saúde que foram doados pelo Ministério da Saúde e pela comunidade libanesa no Brasil.


O ex-presidente Michel Temer, que é filho de libaneses, viajou acompanhando dos senadores Nelson Trad Filho e Luiz Pastore, o secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Flávio Viana Rocha, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.


Na semana passada, na região portuária de Beirute aconteceram várias explosões causadas por problemas no armazenamento de quase três mil toneladas de nitrato de amônio, substância usada na produção de explosivos e fertilizantes. As explosões destruíram o porto, atingindo ainda prédios comerciais e residências. Mais de 100 pessoas morreram e milhares ficaram feridos, além de muitos desabrigados.


O porto armazenava grande parte da produção de grãos do país. Com a explosão as reservas de alimentos foram destruídas, deixando a população, que chega a 6,8 milhões, prejudicada. O primeiro-ministro do Líbano, Hassan Diab, renunciou ao cargo no início da semana. após protestos da população.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome