Foi preparado pelo ministro da saúde da Alemanha, Jens Spahn, um Projeto de Lei que visa a punição de pais ou responsáveis que desobedecerem às ordens do governo quanto à vacinação dos seus filhos contra o sarampo. Pais que não obedecerem à norma teriam de pagar uma multa de cerca de R$ 11 mil , e os seus filhos não poderiam frequentar creches.

O ministro da saúde revelou que pretende “erradicar o sarampo”. “Qualquer um que frequenta o jardim de infância ou a escola deveria ser vacinado contra sarampo”, disse Spahn. “Todos os pais deveriam se sentir seguros sabendo que suas crianças não serão infectadas e nem postas em perigo pelo sarampo”, falou.

Spahn é formado em Ciências Políticas pela Universidade de Hagen. Quando jovem, realizou um estágio como banqueiro no Westdeutsche Landesbank, tendo trabalhado por um ano como escrituário na mesma entidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome