Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, o governo terá um gasto adicional na saúde de R$ 50,7 bilhões entre os anos de 2020 a 2027.

Somente neste ano, o orçamento liberado e aprovado pelo Congresso Nacional para a saúde é de R$ 135 bilhões. 

Isso tem acontecido devido ao envelhecimento da população. Segundo o IBGE, a expectativa de vida da população brasileira tem passado de 65 anos, que antes era de 10,5% em 2018, mas este percentual irá ter um aumento para 15% em 2034 e alcançará 25,5% em 2060. 

Mesmo com essa previsão, o governo não cortará o investimento na saúde e acrescenta: “Há uma forte pressão para elevação das despesas (em saúde) em decorrência do processo de envelhecimento da população, dado que a população de maior idade demanda proporcionalmente mais serviços de saúde”.

Da redação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome