O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais nesta quarta-feira (12), para defender a privatização de empresas estatais. Segundo ele, a medida seria uma forma de manter equilibradas as contas públicas: “O Estado está inchado e deve se desfazer de suas empresas deficitárias, bem como daquelas que podem ser melhor administradas pela iniciativa privada”, escreveu.

Bolsonaro publicou a mensagem junto com uma foto dele com os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Infraestrutura, Tarcísio Freitas. Ainda na postagem, o presidente explicou que seria normal ministros buscarem recursos em outras fontes para obras essenciais. “Contudo, nosso norte continua sendo a responsabilidade fiscal e o teto de gastos”, afirmou.

Nessa terça-feira (11), o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o secretário especial de Desestatização, Salim Matar, e o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, pediram demissão dos cargos e o motivo seria a insatisfação de Mattar com o ritmo das privatizações de estatais. No caso de Uebel, o ministro disse que a motivação seria a falta de andamento da reforma administrativa.

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome