Por meio de uma publicação no Twitter, o presidente do Brasil Jair Bolsonaro refutou as críticas sobre o recente decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil.

A fim de responder os que afirmam que a medida não será eficiente para resolver o grave problema de segurança pública no Brasil, Bolsonaro disse que o “principal propósito” é “assegurar o direito inviolável à legítima defesa”.

Segue a íntegra da sua publicação:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome