O Presidente Jair Bolsonaro lançou oficialmente, nesta quarta-feira (21), em Campinas (SP), a primeira linha de Luz Sirius, batizada de Manacá, que vai ajudar no desenvolvimento de pesquisas. O Sirius é um acelerador de última geração que promete ajudar no desenvolvimento de pesquisas em várias áreas, desde a física básica até a ciência médica. É considerado uma das fontes de luz síncrotron mais avançadas do mundo, um enorme microscópio.

“Rendo minhas homenagens aos cientistas, aos pesquisadores, aos engenheiros, aos mais humildes servidores que trabalham aqui, todos constroem o futuro, aqui realmente podemos buscar a independência da nossa nação”, disse o Presidente Bolsonaro na cerimônia de lançamento.

A Manacá, que é a primeira estação de pesquisa em uso no Sirius, já estava sendo usada em caráter emergencial no esforço de apoiar pesquisas relacionadas à Covid-19. Agora, inaugurada oficialmente, vai apoiar também o avanço dos estudos de outras doenças, como Alzheimer, câncer e esquizofrenia.

“O Brasil está progredindo, e muito, em inovações. Uma estrutura como essa é capaz de ajudar o Brasil a ser ponta em muitas áreas. Ciência, tecnologia e inovações, isso está no futuro”, disse o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, ao participar do lançamento da Primeira Linha de Luz Sirius.

Fonte e foto: PR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome