O Movimento Brasil Livre, através do coordenador nacional Rubinho Nunes, vai apresentar o pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux. Nunes alega que Fux cometeu crime de responsabilidade por quebra de decoro e desídia (negligência, falta de atenção, de zelo) no desempenho de suas funções ao impor como condição à finalização do auxílio-moradia dos juízes ao aumento dos salários dos ministros do STF, que foi sancionado pelo presidente Michel Temer na última segunda-feira (26).

Rubinho Nunes também foi responsável pelo processo que retirou os direitos políticos que o ex-presidente Lula recebia, mesmo depois de ser preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo ele, os direitos não eram mais necessários em virtude da prisão, destacando que os custos de seguranças individuais, veículos com motoristas e assessores eram do erário. O pedido foi atendido pelo juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas.

 

Da Redação
com informações do MBL News
Foto: Reprodução/Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome