O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (18) a lei que cria o programa Médico Pelo Brasil, que visa ao envio de profissionais da medicina para regiões de difícil acesso do Brasil. A lei substitui o Mais Médicos, criado no governo Dilma.

Por dois anos, os médicos filiados ao programa receberão mensalmente R$ 12 mil, além da gratificação R$ 3 mil para trabalhos realizados em locais remotos, e de R$ 6 mil em áreas indígenas ou comunidades ribeirinhas.

Há 18 mil vagas para o programa, sendo 55% delas destinadas às regiões Norte e Nordeste.

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome