Em duas semanas, a Rússia começa a aplicar em médicos a vacina produzida contra a Covid-19. Com relação ao questionamento dos especialistas a respeito da segurança do imunizante, o país rejeitou essas preocupações. Depois de menos de dois meses de testes em humanos, o governo russo concedeu a aprovação regulatória da vacina, a rapidez na aprovação da vacina,

O ministro da Saúde, Mikhail Murashko, disse que a vacina desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou,em breve estará pronta e será aplicada nos médicos e na população de forma voluntária.

Entre os questionamentos dos especialistas com relação a vacina, eles dizem que os testes em estágio avançado ainda não foram concluídos. Já o diretor do Instituto Gamaleya, Alexander Gintsburg, comentou que as publicações dos ensaios vão ser divulgadas quando os especialistas do país analisarem. A previsão é que, nos meses entre dezembro e janeiro, sejam produzidas 5 milhões de doses.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome