O Governo Federal autorizou mais uma liberação do saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) no valor de R$ 1.045,00 por conta, onde 60 milhões de contas, ativas e inativas, serão beneficiadas. O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou que o valor liberado é o limite para não comprometer a liquidez do FGTS. O FGTS é utilizado para financiar políticas habitacionais, para o setor de infraestrutura e de saúde.

A MP 946/2020 (Medida Provisória 946/2020) foi publicada no Diário Oficial da União ontem (07), e é mais uma ação para amenizar os efeitos da crise econômica causados pelo coronavírus (Covid-19). Os saques serão a partir de 15 de junho e poderão ser feitos até 31 de dezembro.

É esperada uma injeção de, aproximadamente, R$ 35 bilhões na economia com essa autorização. R$ 21,5 bilhões virão dos recursos que estavam parados no Fundo PIS-Pasep, onde a MP 946/2020 também extingue o fundo e os outros R$ 14 bilhões já haviam sido disponibilizados por meio do saque imediato aprovado no ano passado, mas que ainda não foram resgatados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome