Ministério da Justiça e PF investigarão um vazamento ilegal de dados do presidente Bolsonaro e família.

O vazamento ocorreu no dia 1 de junho pelo grupo conhecido como “Anonymous”. Logo após vazarem os dados do presidente, a conta do grupo foi suspensa do Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome