Nesta segunda-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro comunicou que o governo vai implementar um plano de R$ 85,8 bilhões para fortalecer estados e municípios, visando a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. 

Segundo o governo, R$ 8 bilhões serão destinados à saúde e R$ 2 bilhões para assistência social. Os estados e municípios dividirão R$ 16 bilhões que serão destinados aos fundos, além de renegociação de dívidas deles com os bancos que será de R$ 9,6 bilhões. Além disso, haverá a suspensão das dívidas dos estados da união de R$ 12,6 bilhões. Por fim, R$ 40 bilhões será destinado a facilitação de crédito. 

De acordo com a previdência, essa soluções serão temporárias e serão validadas apenas durante a situação de emergência.

Da redação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome