O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmou na terça-feira (30) que a taxa de desemprego caiu para 11,9% no trimestre encerrado em setembro. Essa é sexta queda mensal seguida e é a menor taxa de desemprego já registrada em 2018. Apesar disso, o número ainda é alto, são 12,5 milhões de brasileiros.

A quantidade de desempregados é menor do que o trimestre anterior (abril, maio e junho), quando eram 474 mil. Em relação ao mesmo período no ano passado, a população desocupada caiu 3,6%. Segundo o IBGE, o número de pessoas que estão desempregadas, mas desistiram de procurar emprego continua em 4,8 milhões de pessoas.

Por outro lado, o instituto afirmou que a queda na taxa de desemprego foi puxada pelo aumento do trabalho informal, que subiu 4,7% em relação ao trimestre anterior. São 11,5 milhões de pessoas no setor privado sem carteira de trabalho.

Subocupação

De acordo com o IBGE, houve recorde no número de trabalhadores que trabalham menos de 40 horas semanais e dizem querer trabalhar mais. A nova pesquisa constatou que são 6,8 milhões nessa condição. Isso representa um aumento de 5,4% em comparação com o trimestre encerrado em junho e de 9,3% em relação ao ano anterior.

 

Da Redação

Foto: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome