As urnas confirmaram que Jair Bolsonaro (PSL) é o novo presidente da República. O resultado foi confirmado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quando haviam 92% das urnas apuradas e o resultado era matematicamente irreversível. Com 63 anos, o ex-capitão do exército e ex-deputado federal, passa a ser o 38º presidente da República. O pesselista venceu o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

Com a vitória, Jair Bolsonaro presidirá o país de 2019 até 2022 e quebra o ciclo entre PT, MDB e PSDB, que se desde os anos 1990. A vitória de Bolsonaro com cerca de 55% dos votos quebra também o discurso construído desde a reeleição de Dilma Rousseff em 2014 – quando venceu com pouco mais de 51% dos votos. A porcentagem de Bolsonaro mostrou que o Brasil não aplaudiu o discurso defendido pelo Partido dos Trabalhadores, principalmente no segundo turno.

Todas as pesquisas apontavam a vitória de Jair Bolsonaro na segunda etapa das eleições deste ano, contrariando o que diziam no primeiro turno, quando afirmavam que Fernando Haddad sairia vitorioso. No sábado, as pesquisas Ibope e Datafolha deram 54% e 55% dos votos válidos, respectivamente. A pesquisa que mais se aproximou do resultado real foi a Datafolha, que mostrou o novo presidente com 55%, enquanto Haddad tinha 45%.

 

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome