Em entrevista a uma rádio no sul do país, o futuro ministro chefe da Casa Civil, o deputado Onyx Lorenzoni, confirmou que a pasta do desenvolvimento social, os direitos humanos e as políticas sobre drogas ficarão a partir de janeiro com o Ministério da Cidadania. “Esse martelo está batido… Ele vai cuidar dos direitos humanos, do desenvolvimento social e vai trazer a Senad [Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas]… E ele vem para trabalhar com recuperação de drogados”, explicou.

Atualmente o governo federal tem os ministérios do Desenvolvimento Social e dos Direitos Humanos. Lorenzoni destacou que essa nova pasta pode abarcar também o Ministério do Trabalho, mas não está definido. “O Ministério do Trabalho ficará junto com a ‘produção’ ou vai para um outro ministério chamado de Cidadania”, comentou.

O futuro chefe da Casa Civil explicou que algumas atribuições dos ministérios podem ser separadas e distribuídas nas novas pastas que estão sendo criadas: “A parte da Secretaria de Políticas Públicas para Emprego e outras que estão conectadas a essa área podem ir para aí [Cidadania]”.

Ainda existe a possibilidade de ser criado o Ministério da Produção, que englobaria parte da pasta do Trabalho, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e outras funções.

Da Redação

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome