Marcos Sintra, secretário da Receita Federal, afirmou nesta quinta-feira (11) que na próxima semana o governo irá apresentar novas notícias sobre sua própria proposta de Reforma Tributária, apenas um dia depois da instalação de uma Comissão Especial que analisará a mesma.

O secretário falou que a apresentação para o congresso já está sendo trabalhada pela equipe econômica para após a aprovação da reforma da Previdência. Sintra pede um pouco mais de calma, e afirma que pretende finalizar a Reforma Previdenciária e depois começar a Tributária.

A proposta de reforma tributária dá fim a três impostos federais: IPI, PIS e Cofins, além de extinguir o ISS e ICMS, que são tributos municipais e estaduais. A reforma ainda busca substituir os cinco impostos acima citados pelo IBS, que será um Imposto sobre Bens e Serviços, a fusão do IPI, PIS, Cofins e CSLL e um imposto único cobrado sobre os pagamentos e compra e venda de bens e serviços por meio da contribuição empresarial sobre a folha salarial.

Sintra também disse, durante um discurso na Confederação Nacional da Indústria (CNI), que defendia a tributação sobre a movimentação financeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome