O Senado Federal aprovou o adiamento das eleições 2020, que transfere de 4 de outubro para 15 de novembro, o primeiro turno e de 25 de outubro para 29 de novembro o segundo turno.
A PEC 18/2020, que teve como relator o deputado Weverton (PDT-MA), foi aprovada por 67 votos a 8, na tarde desta terça-feira (23).
A data para diplomação dos prefeitos e vereadores eleitos será 18 de dezembro.

OUTRAS DATAS MUDARAM
Mas outras datas relacionadas ao período eleitoral sofreram alterações, como o dia limite para que emissoras possam transmitir programas apresentado ou comentado por pré-candidatos que passa a ser 11 de agosto. E o início da propaganda eleitoral será no dia 26 de setembro também na internet.

ELEIÇÕES COM DATAS DIFERENTES EM ALGUNS MUNICÍPIOS
Em relação a municípios que estejam com problemas sanitários em função do coronavírus, o texto traz a possibilidade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) organizar até o dia 27 de dezembro.

A data da posse dos eleitos também permanece inalterada. Prefeito, vice-prefeito e vereadores têm mandato de quatro anos e tomam posse em 1º de janeiro.

O senador Weverton Rocha (PDT-MA), relator da PEC, ressalta que a saúde da população é a maior preocupação.

Depois de aprovada em 02 turnos no Senado a PEC seguirá para aprovação na Câmara Federal.

Da redação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome