Os ministros da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) devem julgar nesta terça-feira (4) um pedido de habeas corpus formulado pela defesa do ex-presidente Lula (PT), que está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) desde o dia 7 de de abril de 2018.

Os argumentos da defesa contra a condenação do líder petista variaram da constitucionalidade da prisão após condenação em segunda instância, até a sua candidatura – barrada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) – à Presidência da República na eleição de 2018. Já nesta terça, a Segunda Turma do Supremo irá avaliar um recurso que contesta a imparcialidade do ex-juiz Sergio Moro nos processos da Lava Jato que ele conduziu na Justiça Federal no Paraná. A tese é que Moro agiu de forma parcial na condução dos atos e os advogados querem anular o processo do tríplex, suspender seus efeitos e conseguir a liberdade do ex-presidente.

Da redação

Foto: NELSON ALMEIDA (AFP/Getty Images)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome