Desde as primeiras horas do dia 7 de outubro circula um vídeo nas redes sociais que mostra um eleitor na urna e, ao apertar a tecla “1”, o voto é automaticamente direcionado ao candidato do PT, Fernando Haddad. O vídeo foi amplamente compartilhado por vários eleitores, inclusive por Flávio Bolsonaro, um dos filhos do deputado e candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmou que o vídeo é falso e foi editado. Segundo o TSE, não há possibilidade desse tipo de problema acontecer. O tribunal também se manifestou pela conta oficial no Twitter compartilhando o vídeo de um especialista que explica a edição. (veja abaixo)

 

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor digite o seu nome